Decoração: Como criar o cenário perfeito para o seu casamento!

 

A decoração possui um papel muito importante dentro do casamento. É ela a maior responsável pela cara e atmosfera da ocasião, por isso deve ser atenciosamente planejada. Mas diante de tantos pormenores e de tantas opções disponíveis no mercado, muitos noivos acabam se sentindo confusos na hora de montar a decoração do seu grande dia. Pensando nisso, o artigo de hoje vem trazendo dicas para que você possa se organizar melhor e acertar nas escolhas. Vamos lá?

 

  1. Considere contratar um profissional;

Essa não é uma regra, se o seu orçamento for apertado, você mesmo pode colocar a mão na massa e montar por conta própria a sua decoração, mas saiba que o trabalho será dobrado, pois além de escolher a dedo todos os detalhes, você terá que se preocupar em conseguir os itens necessários e efetuar a montagem.

Caso tenha orçamento para tal, considere contratar uma assessoria, que irá te ajudar na tarefa, ou um decorador.

Antes de contratar o decorador, é interessante se informar a respeito do seu processo de criação de projeto, quanto tempo ele dura, se pode ser alterado e quantas vezes. Tente entender e visualizar os trabalhos anteriores do profissional e verificar se eles se encaixam com as suas expectativas. Saiba se ele é flexível o bastante para atender ao seu desejo ou se possui uma assinatura padrão que não pode ser alterada.

  1. Conheça a locação;

O espaço em que a cerimônia e/ou festa será realizada está diretamente ligado à decoração. Certifique-se de que o local escolhido oferece todas as condições para que sua decoração seja montada com sucesso.

 

  1. Aproveite as tendências sem perder a personalidade;

Se você é do tipo antenada, que gosta de estar por dentro do que há de mais inovador no mundo dos casamentos, vale ficar de olho no cenário lá de fora, já que no Brasil as novidades acabam chegando mais tarde. Apresentar aos seus convidados algo que eles nunca viram, é uma boa forma de tornar seu casamento inesquecível.

Entretanto, a maior tendência dos últimos anos tem sido apostar na originalidade e na personificação. O foco é criar algo exclusivo, que reflita a personalidade dos noivos e que desperte nos convidados uma identificação imediata com os mesmos.

  1. Leve em conta a estação, o horário e o local;

Ficar de olho nesses três aspectos é fundamental na hora de fazer as escolhas certas, pois eles podem influenciar diferentes aspectos da ocasião.

Em casamentos ao ar livre, por exemplo, é importante ter um plano B em caso de chuva. Se o casamento for à noite, colocar velas na decoração pode ser uma opção interessante. No verão, recomenda-se utilizar tecidos e elementos mais naturais, enquanto no inverno indica-se o uso de móveis aveludados e disponibilização de mantas para os convidados.

A paleta de cores também pode sofrer alterações em função da iluminação do dia ou escolhida com base na estação do ano, sendo de tons vibrantes e alegres  para os meses quentes ou de tons fechados para os meses frios.

Além desses aspectos, também é importante conhecer as flores da estação. Elas são mais fáceis de encontrar, duram mais e pesam menos no orçamento.

  1. Saiba lidar com as múltiplas referências;

Hoje em dia, com ajuda de ferramentas como Instagram e Pinterest, temos acesso a milhares de conteúdos diferentes todos os dias, o que pode confundir a cabeça dos noivos na hora de fazer uma escolha definitiva.

Depois de reunir referências daquilo que deseja ter em seu casamento, analise-as cuidadosamente e estabeleça aquilo que, pra você, é indispensável e então suas preferências de cores, flores, elementos, entre outros. Não é preciso seguir um estilo já nomeado, como clássico, rústico ou industrial, mas ter um conceito em mente pode te ajudar a tomar decisões mais sólidas.

Se você estiver trabalhando com um profissional de decoração, apresente a ele referências de cada um dos ambientes que você pretende ter em sua festa e deixe que ele monte um projeto inspirado naquilo que você mais gosta. Conforme o projeto se encaminha, tente não procurar por outras referências, para não ficar insegura ou indecisa.

Outras dicas:

  • Alguns noivos se perguntam se as madrinhas devem estar vestidas de acordo com a decoração. A resposta é sim, mas sem exagero. Não é necessário combiná-las com as toalhas das mesas.

Se a paleta de cores da sua festa contar com tons mais invernais, experimente vestir as madrinhas com um tom fora dela, mas que ainda seja invernal. É importante manter um contraste entre as roupas e o cenário, para que cada um tenha seu devido destaque, especialmente nas fotos;

  • Evite fôrmas de doces muito grandes. Além de esconderem os próprios doces, elas ocupam muito espaço e são difíceis de posicionar, conferindo um ar de desorganização. As forminhas são apenas parte da composição e não o destaque na decoração da mesa. É também por isso que não é recomendado usar fôrmas de cor branca, pois juntas acabam chamando muita atenção. Se quiser uma cor neutra, tente usar tons nude;
  • Aposte na iluminação mesmo em casamentos diurnos. Durante o dia a luz do sol tende a variar, alterando as cores dos elementos e a claridade do ambiente, podendo influenciar negativamente o aspecto da decoração;
  • Experimente posicionar um aéreo acima da mesa de doces, assim ela poderá ser localizada mais facilmente;
  • Se pretender adornar sua mesa de doces com um bolo fake, prefira um modelo com acabamentos mais delicados, semelhantes aos de um bolo real, como pasta americana, flores comestíveis e espatulado. Elementos como fitas de cetim, flores artificiais e outros enfeites não comestíveis podem deixar o bolo com uma aparência grosseira;
  • Não esqueça de que os convites também devem combinar com a decoração de casamento, afinal, o conceito é um só.

 

Texto e Imagens: JW Fotografia.